Notícias

Curiosidades sobre as transmissões dos Jogos Olímpicos do Rio 2016

De acordo com os dados do Kantar Twitter TV Ratings e da medição de audiência de TV da Kantar IBOPE Media, confira algumas curiosidades sobre as transmissões dos Jogos Olímpicos Rio 2016:

Curiosidades do dia 21 de agosto:

Na TV

A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos 2016 foi assistida por mais de 24,2 milhões de indivíduos, em 15,7 milhões de domicílios, nas 15 regiões metropolitanas medidas pela Kantar IBOPE Media. A maior parte da audiência foi composta por pessoas da classe C, mulheres e faixa etária de 18 a 49 anos. Já a final do vôlei masculino entre Brasil e Itália, segunda maior audiência do último dia de Olimpíada, foi acompanhada por quase 18 milhões de pessoas em 12,5 milhões lares.

No Twitter

O voleibol foi a modalidade olímpica mais comentada no Twitter no Brasil durante o domingo (21), quando a seleção brasileira ganhou a medalha de ouro em disputa contra a Itália. O esporte respondeu por 20,8% dos comentários sobre Olimpíada e foi o acontecimento que mais repercutiu no domingo na rede. Ainda assim, Neymar foi o atleta mais mencionado no Twitter no Brasil no domingo, seguido pelo jogador de vôlei Wallace. O encerramento dos Jogos Rio2016 não passou em branco: a hashtag mais utilizada foi #cerimoniadeencerramento, seguida de #voleibol.

Curiosidades do dia 20 de agosto:

Na TV

O jogo de futebol masculino entre Brasil e Alemanha, que rendeu a inédita medalha de ouro à seleção brasileira, alcançou a maior audiência da modalidade nesses Jogos Olímpicos. Mais de 26 milhões de pessoas, em 17 milhões de domicílios, acompanharam a disputa pela TV nas 15 regiões metropolitanas aferidas pela Kantar IBOPE Media. Para se ter uma ideia, a semifinal contra Honduras foi assistida por 17 milhões de indivíduos; o jogo contra a Colômbia pelas quartas de final teve a audiência de 20,4 milhões de pessoas; e a última partida da fase eliminatória, contra a Dinamarca, foi acompanhada por 21 milhões de indivíduos. A final do futebol foi transmitida por Bandeirantes, Band Sports, ESPN, FOX Sports, Globo, Record, Record News e SporTV.

No Twitter

A conquista da medalha de ouro no futebol masculino pela seleção brasileira também foi o grande destaque do Twitter no Brasil no sábado (20). A modalidade foi responsável por 30,5% dos comentários sobre Olimpíada no dia, e a hashtag #futebol foi a mais utilizada na rede. Neymar foi o atleta mais mencionado do dia, e o maior pico de conversas no Twitter no Brasil ocorreu no momento em que o jogador marcou o pênalti decisivo na disputa contra a Alemanha, garantindo a vitória ao Brasil. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 19 de agosto:

Na TV

A partida de vôlei masculino entre Brasil e Rússia foi a disputa olímpica de maior audiência na sexta-feira (19). Segundo dados da Kantar IBOPE Media, o jogo que levou o time brasileiro à final foi assistido por mais de 18 milhões de indivíduos em 12,5 domicílios. O dado é aferido pela empresa nas 15 principais regiões metropolitanas do Brasil. Além do vôlei masculino, foram destaque de audiência de Olimpíada na sexta-feira a disputa do bronze no futebol feminino entre Brasil e Canadá (15,9 milhões de indivíduos em 11,9 milhões de domicílios), a ginástica rítmica (8,2 milhões de pessoas em 6,5 milhões de lares) e a canoagem masculina (4,5 milhões de espectadores em 3,9 milhões de casas).

No Twitter

Destaque na TV, o voleibol também foi a modalidade olímpica mais comentada no Twitter no Brasil na sexta-feira (19), com 26% do total de Tweets sobre os Jogos Olímpicos do dia. #voleibol também foi a hashtag mais usada, e a vitória do Brasil na semifinal de vôlei masculino contra a Rússia foi o tema mais repercutido na rede no país. Já o atleta mais mencionado no Twitter no Brasil na sexta-feira foi Usain Bolt, com 10,2% das citações. A vitória da equipe jamaicana no revezamento 4x400m, com a conquista de mais uma medalha de ouro para Bolt, foi o segundo assunto mais comentado na rede ontem. Os dados são do Kantar IBOPE Twitter Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 18 de agosto:

Na TV

O jogo e a conquista do ouro pelos brasileiros Alison e Bruno Schmidt, do vôlei de praia masculino, contra a Itália foi destaque entre as cincos modalidades mais assistidas pela TV, dos Jogos Olímpicos da quinta-feira (18). Mais de 9,5 milhões de pessoas, em 7 milhões de lares, acompanharam a partida. Além disso, 65,9% desta audiência tinha entre 4 e 49 anos.

Já o ouro inédito do Brasil na vela feminina, com a dupla Martine Grael e Kahena Kunze, ficou em segundo lugar no top 5 de audiência dos jogos, da Kantar IBOPE Media. Cerca de 7 milhões de pessoas, em 5,5 milhões de domicílios acompanharam a vitória das brasileiras pela TV, sendo que a maioria dos telespectadores (51,9%) era composta pela classe C.

Saltos ornamentais feminino (6,6 milhões de telespectadores), nado sincronizado (4 milhões de indivíduos) e atletismo masculino (3,8 milhões de pessoas) completam o ranking da quinta-feira. Os dados são da Kantar IBOPE Media e consideram todos os canais de televisão aberta e paga que transmitiram as competições nas 15 principais regiões metropolitanas do país.

No Twitter

O vôlei de praia foi a modalidade olímpica mais comentada no Twitter no Brasil na quinta-feira, 18/8, com 15,4% do total de menções sobre os Jogos Olímpicos. O pico de tuítes aconteceu às 00h46, quando a dupla Bruno e Alison conquistou a medalha de ouro para o Brasil contra a Itália. Já o atleta mais mencionado foi Usain Bolt, com 12,2% das menções, que alcançou o tricampeonato olímpico nos 200m. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 17 de agosto:

Na TV

A vitória do Brasil no vôlei de quadra masculino contra a Argentina, na noite de quarta (17), foi assistida por 18,4 milhões de indivíduos em mais de 12,5 milhões de lares das 15 principais regiões metropolitanas do país – 53% da audiência da partida foi composta por mulheres. Já o jogo de vôlei de praia entre Brasil e EUA foi acompanhado por mais de 18 milhões de pessoas em 12,6 milhões de domicílios brasileiros, e fez sucesso entre a população entre 25 e 49 anos (40% da audiência).

A goleada da seleção brasileira sobre Honduras, na disputa pela vaga na final do futebol masculino, foi a terceira modalidade mais assistida na quarta-feira: mais de 17 milhões de pessoas em 12,5 milhões de lares. A partida teve a audiência mais equilibrada do dia: 50% masculina e 50% feminina.

A Gala da Ginástica, exibição dos principais nomes da modalidade incluindo medalhistas olímpicos de diversas edições dos Jogos, impactou mais de 11,7 milhões de indivíduos em 9 milhões de domicílios, e foi o evento mais assistido pela classe C e por pessoas entre 4 e 24 anos. Finalizando o top 5 da audiência do dia 17, a partida de vôlei de praia feminino atingiu quase 11 milhões de telespectadores em 7,8 milhões de lares. Os dados são da Kantar IBOPE Media e consideram todos os canais de televisão aberta e paga que transmitiram as competições.

No Twitter

Já no Twitter, o destaque ficou por conta do futebol que acumulou quase 10% das menções relacionadas aos Jogos Olímpicos no dia. A vitória do Brasil sobre Honduras e a futura disputa pela medalha de ouro contra a Alemanha gerou euforia e expectativa entre os torcedores na rede social. No entanto, o atleta mais mencionado foi Usain Bolt (3,5%) – que se classificou para a semifinal dos 200m em 1º lugar. Neymar Jr, vem em segundo lugar, com 3% do total de tuites sobre a Olimpíada. Outro destaque foi que o pico de posts ocorreu às 00h11, no momento que a seleção brasileira de voleibol masculino garantiu a vaga na semifinal. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 16 de agosto:

Na TV

A eliminação da seleção brasileira de vôlei feminino em jogo contra a China, na terça-feira (16), foi a competição olímpica de maior audiência ontem, considerando os dados médios das 15 regiões metropolitanas medidas pela Kantar IBOPE Media. A partida foi assistida por quase 21 milhões de pessoas em cerca de 14 milhões de lares. Em segundo lugar ficou o jogo de futebol feminino contra a Suécia, que terminou com a derrota das brasileiras na disputa de pênaltis. Mais de 19 milhões de indivíduos em 13,5 milhões de domicílios acompanharam a partida pela TV. Entre os líderes olímpicos de audiência desta terça-feira também estão a luta de boxe, que rendeu uma medalha de ouro ao brasileiro Robson Conceição (16,5 milhões de pessoas e 12 milhões de lares), o vôlei de praia masculino contra a Holanda (13,5 milhões de indivíduos e 10 milhões de lares) e o vôlei de praia feminino contra a Alemanha (11,5 milhões de espectadores e 8,5 milhões de casas).

No Twitter

O boxeador brasileiro Robson Conceição, ganhador da medalha de ouro, foi o atleta mais tuitado no Brasil na terça-feira (16) entre as menções sobre Olimpíadas. Mas foi a derrota da seleção brasileira feminina de vôlei, no Maracanazinho, que mais repercutiu na rede social; a modalidade recebeu 21,4% das menções feitas ao Jogos Olímpicos e o pico de comentários ocorreu às 0h31 da quarta-feira, momento em que as brasileiras foram eliminadas pelas chinesas. As hashtags mais usadas foram #voleibol, #rio2016 e #bra. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 15 de agosto:

Na TV

A partida de vôlei de quadra masculino entre Brasil e França, na noite de segunda (15), foi assistida por 16 milhões de indivíduos em mais de 11 milhões de lares das 15 principais regiões metropolitanas do país. Já a conquista da medalha de ouro por Thiago Braz no salto com vara foi acompanhada por mais de 15,7 milhões de pessoas em 11 milhões de domicílios brasileiros. O jogo de handebol masculino entre Suécia x Brasil foi a terceira modalidade mais assistida na segunda-feira, atingindo mais de 14 milhões de pessoas em 10,5 milhões de casas.

A ginástica ocupou o quarto e quinto lugares do ranking das modalidades mais vistas pela TV: a prata conquistada nas argolas por Arthur Zanetti foi assistida por mais de 12,4 milhões de pessoas, em mais de 9,5 milhões de lares; enquanto a disputa feminina na trave foi acompanhada por quase 10 milhões de pessoas, em 7,6 milhões de domicílios. Os dados são da Kantar IBOPE Media e consideram todos os canais de televisão aberta e paga que transmitiram a competição.

No Twitter

Já no Twitter, o destaque ficou por conta da conquista do ouro por Thiago Braz. O atleta foi mencionado em 9% do total de tuites sobre Olimpíada. O pico de tuites sobre a conquista ocorreu às 23h54 do Brasil, no momento que Thiago levou a medalha. A modalidade “salto com vara” teve 11,8% de participação no total de tuites sobre os Jogos Olímpicos na segunda-feira. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 14 de agosto:

Na TV

A vitória da seleção feminina de vôlei de quadra sobre a Rússia, na noite de domingo (14), foi assistida por 14,5 milhões de pessoas em mais de 10 milhões de lares das 15 principais regiões metropolitanas do país. Já a conquista da medalha de ouro por Usain Bolt foi acompanhada pela TV por 13,6 milhões de indivíduos, em quase 9,7 milhões de domicílios; a corrida teve tempo médio de audiência de seis minutos, considerada alta diante da duração da prova. A terceira competição olímpica mais assistida no domingo foi a final da ginástica artística masculina – foram 12,8 milhões de pessoas, em 9,1 milhões de lares.

No Twitter

A ginástica artística foi a modalidade olímpica mais comentada no Twitter no Brasil no domingo (14), com 26% do total de menções. A hashtag mais usada também foi #ginasticaartistica e o momento de pico no Twitter no Brasil ocorreu quando saiu o resultado da final da modalidade, com Diego Hypolito e Arthur Nory confirmados para o pódio. Já o atleta mais citado do domingo foi Usain Bolt, presente em 17,5% do total de Tweets no Brasil. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 13 de agosto:

Na TV

A partida de futebol masculino entre Brasil e Colômbia, exibida na noite de sábado (13), foi assistida por quase 21 milhões de pessoas. O handebol não tem ficado para trás no coração dos brasileiros, e o empate emocionante com os meninos egípcios também no sábado foi acompanhado por 13,4 milhões de pessoas, segundo dados da Kantar IBOPE Media.

No Twitter

No Twitter, a modalidade mais comentada do sábado no Brasil foi o futebol, com 16,8% das menções. O atleta mais citado foi Neymar (15,7% das menções), seguido de Michael Phelps (3,3%). As hashtags mais usadas do dia foram #rio2016 e #futebol, e o assunto de maior repercussão no Twitter no Brasil foi a vitória da seleção masculina de futebol sobre a Colômbia, com um pico de comentários quando um adversário fez uma falta grave contra Neymar e houve um princípio de tumulto em campo. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 12 de agosto:

Na TV

A conquista de mais uma medalha de bronze para o Brasil veio na tarde de sexta-feira (12), em uma luta de judô acirrada contra o Uzbequistão. A faixa horária de exibição da luta foi assistida por 7,8 milhões de brasileiros.
Mudando de tatame para ringue, a luta de boxe do brasileiro Robson Conceição, também na sexta-feira, foi acompanhada por mais de 9,3 milhões de pessoas.
Mas o destaque do dia foi para as meninas do futebol que, nos pênaltis, levaram a melhor sobre as australianas. A faixa horária em que a partida foi exibida foi assistida por mais de 22,8 milhões de indivíduos.

No Twitter

O futebol também foi a modalidade olímpica mais comentada no Twitter no Brasil na sexta-feira (12), com 17,1% do total das menções. A atleta mais citada na rede no país foi Bárbara Barbosa, goleira da seleção brasileira feminina de futebol, seguida da jogadora Marta e de Hope Solo, goleira da seleção feminina dos EUA, desclassificada após perder para a Suécia nos pênaltis. O maior pico de conversas ocorreu às 0h46, momento da vitória da seleção brasileira feminina de futebol contra a Austrália nos pênaltis defendidos pela goleira Bárbara. As hashtags mais usadas foram #rio2016 e #futebol. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 11 de agosto:

Na TV

A partida de vôlei de quadra masculino entre Brasil e EUA,  exibida em 11/8, registrou uma audiência relevante: 50% dos domicílios nas 15 regiões metropolitanas aferidas pela Kantar IBOPE Media foram impactados ao menos um minuto pela partida. A audiência média da transmissão, considerando todas as emissoras de TV que exibiram o jogo, ficou por volta dos cinco pontos. Mais de 17,5 milhões de pessoas assistiram à disputa.

Já a final da ginástica olímpica feminina atingiu 11,4 milhões de domicílios nas regiões medidas, o que representa 44,5% do total do universo aferido. O tempo médio de audiência dedicada à transmissão foi de 29 minutos e seis segundos, com uma audiência de 6,6 pontos.

No Twitter

O voleibol foi a modalidade mais comentada no Twitter ao longo da quinta-feira (11), presente em 23,6% das menções sobre Olimpíada no Brasil – a hashtag mais usada foi #voleibol, com 16,4% do total de conversas. O atleta mais mencionado pelos brasileiros foi Michael Phelps (com 8,6% das menções), seguido por Mayra Aguiar (3,2%) e Jade Barbosa (3,2%). O maior pico de conversas ocorreu às 23h13, com a vitória do Michael Phelps nos 200 metros medley, prova que também contou com a participação do brasileiro Thiago Pereira. O perfil mais citado foi o do ginasta brasileiro @arthurnory. O período do dia que mais gerou Tweets foi o noturno (das 18h01 às 00h00), responsável por cerca de 44% das conversas sobre Olimpíada ao longo do dia no Brasil. Os dados são do Kantar Twitter TV Ratings (KTTR).

Curiosidades do dia 10 de agosto:

Na TV

A audiência média da transmissão do jogo Brasil x Dinamarca de futebol masculino, nas emissoras Band, Globo e Record News, da TV aberta, e ESPN e SPORTV, da TV paga, foi de 7,95 pontos. No total, 14.217  milhões de domicílios acompanharam a terceira partida da seleção brasileira em busca do tão sonhado ouro olímpico.

A Grande Belém foi a praça que registrou a maior audiência da transmissão da goleada de 4×0, entre os canais de TV aberta, com 16 pontos, e a de menor audiência foi a região metropolitana de Curitiba, com 9 pontos. Durante a exibição do jogo, 51% dos telespectadores eram homens e 49% mulheres. Já a faixa etária era composta, em sua maioria, por adultos de 35 a 49 anos e 51% do público que assistiu à transmissão pertence à classe C.

No Twitter

Durante a transmissão do jogo de futebol masculino entre Brasil e Dinamarca, das 22h às 23h51, as menções sobre as Olimpíadas geraram quase 35MM de impressões no Twitter.

Porém, o esporte que ganhou destaque na rede foi o “Voleibol” – uma parte do jogo da seleção brasileira feminina de vôlei contra Japão foi transmitida simultaneamente ao futebol e ocupou 22,4% das conversas. Para referência, a palavra “futebol” representou 15%.

As duas modalidades agradaram ao público na noite de ontem: 21% das menções que citavam “futebol” foi positivo contra apenas 4% negativo. Já as mensagens que citavam “vôlei” carregou 24% de sentimento positivo contra apenas 2% negativo.

Uma curiosidade: Michael Phelps foi o atleta mais comentado, seguido do Neymar. Houve uma competição de natação que ocorreu simultaneamente aos dois jogos.

Curiosidades do dia 05 de agosto:

Na TV

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 foi assistida por 28 milhões de indivíduos – que representam 41% do total de pessoas aferidas pela empresa nas 15 principais regiões metropolitanas do país. Considerando apenas a audiência domiciliar, este percentual chegou a 74% das casas medidas pela Kantar IBOPE Media.

O estudo também apontou que, de quem assistiu a abertura das Olimpíadas pela televisão, 38% eram das classes AB, 48% da classe C e 14 % da DE. Sendo que, 43% eram homens e 57% mulheres. Além disso, 66% eram adultos de 35 anos +.

O evento, que foi exibido nas emissoras abertas Globo, Band, Record e Record News e nas emissoras de TV paga, SporTV, ESPN, BANDSPORTS e SPORTV 4, alcançou uma audiência média de 5,6 pontos no PNT Completo, que considera as emissoras da TV aberta e da TV por assinatura, nas 15 praças aferidas pela Kantar IBOPE Media. Em números absolutos, o evento foi assistido por 17.812 milhões de domicílios.

A audiência da transmissão da abertura da Rio 2016 foi superior à exibição que marcou o início das Olimpíadas de Londres, em 2012, que registrou 2,0 pontos de audiência.

Grande Belém foi a praça que registrou a  maior audiência da transmissão da abertura com 13,1 pontos, entre os canais de TV aberta, já a de menor audiência foi a Região Metropolitana de Fortaleza, com 8,5 pontos médios.

No Twitter

A transmissão, ao vivo, da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos provocou:

  • 152.126 tweets de 395K autores no Brasil
  • Gerou 360.9M de impressões
  • A hashtag “#cerimoniadeabertura” esteve presente em 65% das menções sobre os jogos.
  • 27% das menções foram positivas, contra apenas 3% negativas.
  • Para demostrar a admiração, a palavra mais usada foi ‘LINDO’.

Os top 5 das emoções evidentes em tweets sobre a cerimônia no Brasil foram:

  1. Admiração
  2. Alegria
  3. Expectativa
  4. Risada
  5. Crítica

Os picos mais altos de tweets durante a transmissão do evento na TV no Brasil foram:

  1. Formação de anéis olímpicos e fogos de artifício.
  2. Fim da cerimônia, fogos de artifício e imagens aéreas.
  3. Acendimento da chama olímpica.