Artigos & Papers

Medição de audiência de TV: o futuro é híbrido

Nesta terça-feira, 21 de novembro, as emissoras comemoram o Dia Internacional da Televisão – uma oportunidade para refletirmos sobre o cenário atual da medição de audiência da TV.

Como podemos medir as audiências da TV com precisão e como podemos combinar informações diferentes, tanto off-line quanto on-line?

“Os sistemas de medição de audiência do futuro irão girar em torno da medição híbrida”, disse John Gill, diretor de produtos de medição de audiência da Kantar Media, que falou em nome da empresa no World Audiences Summit deste ano, realizado em Miami.

Atualmente, o desafio é possibilitar a medição híbrida de audiências de TV, concentrando nossos esforços em três áreas:

  • Aprimorar a medição da visualização de TV, indo além da medição convencional baseada em painéis. Integrar diferentes sistemas de medição, como dados de painéis centrais e de caminho de retorno provenientes de dados residenciais, possibilitando a representação correta das visualizações reais de cada pessoa.
  • Medir a visualização on-line. Como podemos combinar dados de painéis e de censo para medir a visualização on-line, considerando que, ao contrário da TV convencional, um mesmo conteúdo on-line (muitas vezes, on demand) não é visualizado por todas as pessoas ao mesmo tempo?
  • Inserindo as pessoas no return path data (RPD). Como podemos projetar os dados das pessoas na medição no nível do dispositivo?

Assista à apresentação de John Gill para ver mais detalhes sobre como a Kantar Media vê o futuro da medição da TV:

Compartilhar: Tweet about this on TwitterGoogle+Share on FacebookShare on LinkedIn