Releases

Mundial de Futebol movimenta o investimento publicitário no 1º semestre de 2014

Unilever segue na liderança como o maior anunciante e, entre os 10 maiores, seis patrocinaram o evento

Com o Mundial de futebol, o mês de junho registrou a maior concentração de verba publicitária do 1º semestre, especialmente para TV aberta que apresentou um crescimento de 72% em relação ao Mundial de 2010.

Neste cenário, outro destaque é que dos 10 maiores anunciantes do semestre, seis eram patrocinadores do evento. Porém, a Unilever, mesmo não estando nessa lista, foi uma das companhias que mais investiram em publicidade no Brasil no primeiro semestre de 2014. Segundo levantamento do IBOPE Media, a empresa direcionou R$ 2,46 bilhões em propagandas, o que representa um crescimento de 10% em relação ao mesmo período de 2013.

De acordo com a pesquisa, que monitora mensalmente os investimentos publicitários das categorias de produtos veiculados nos principais meios de comunicação, este é o segundo ano consecutivo que a Unilever está à frente da Via Varejo (Casas Bahia e Ponto Frio), que acumulou R$ 2,036 bilhões, incremento de 11% em comparação com o período anterior.  Em seguida, a Genomma (do segmento de higiene pessoal, beleza e farmacêutica) aparece na terceira posição do estudo, com R$ 1,59 bilhão em investimentos publicitários no primeiro semestre deste ano.

Ran 2013  Ran 2014 TOP 30 ANUNCIANTES Jan a Jun/2014  Jan a Jun/2013
R$ (000) R$ (000)
1 1 UNILEVER BRASIL          2.467.754                  2.242.542
2 2 VIA VAREJO##          2.036.687                  1.842.901
3 3 GENOMMA          1.590.380                  1.269.904
5 4 CAIXA (GFC)          1.263.914                     710.817
4 5 AMBEV          1.068.803                     961.602
8 6 PETROBRAS (GFC)             832.041                     575.170
10 7 HYPERMARCAS             708.419                     496.422
# 8 CLARO             622.271  #
17 9 CERVEJARIA PETROPOLIS             621.768 390.278
6 10 VOLKSWAGEN             607.549                     662.698
7 11 FIAT             598.676                     587.781
23 12 ITAU             586.694                     346.759
12 13 TELEFONICA 576.856 468.276
# 14 NESTLE 566.958  #
18 15 BCO DO BRASIL (GFC)             564.230                     379.709
22 16 PROCTER E GAMBLE             553.620                     350.243
11 17 RECKITT BENCKISER             526.810                     481.925
15 18 GENERAL MOTORS             491.510                     404.641
21 19 HYUNDAI CAOA             482.468                     352.760
13 20 BRADESCO             479.127                     435.060
20 21 COCA COLA             395.232                     360.221
14 22 GRUPO PAO DE ACUCAR             387.438                     434.598
30 23 OI             381.601                     291.000
9 24 SKY BRASIL             380.119                     548.853
29 25 COLGATE PALMOLIVE             378.202                     294.338
25 26 TIM BRASIL             367.925                     342.953
28 27 NET COMUNICACAO             356.116                     301.329
24 28 FORD             335.377                   346.738
# 29 BOM NEGOCIO COM             329.274  #
19 30 L OREAL             320.924                     376.408
# Não classificado entre os 30 maiores em 2013.
## Em 2014 os anunciantes CASAS BAHIA e PONTO FRIO foram unificados como VIA VAREJO. (investimento de 2013 também foi somado para permitir a comparação)​

​​Total investido

No primeiro semestre, os investimentos totais alcançaram R$ 59,6 bilhões e registraram crescimento de 15% em relação ao período anterior. A TV aberta somada aos investimentos em merchandising totalizou 62% do total investido, seguida pelo jornal (14%), TV por assinatura (8%) e internet (5%).

Para a medição de TV paga houve a inclusão de seis novos canais, que passaram a ser aferidos durante o período.

Setores

Primeiro lugar no ranking de setores, a categoria comércio e varejo continua líder em volume de investimento, com R$ 10,4 bilhões. Em seguida, aparece o setor  higiene pessoal e beleza, com um aumento de 13% em relação ao ano anterior. A seguir, está o setor de serviços ao consumidor, com um volume de investimento 9% maior em relação ao ano anterior. Já a categoria mercado financeiro e seguros registrou um aumento 37% maior em relação ao ano anterior.

Jan a Jun 2013 Jan a Jun 2014 Setor Jan a Jun/2014 Jan a Jun/2013
R$ (000)  % R$ (000)  %
TOTAL       59.665.064 100       52.039.397 100
                1                1 COMERCIO VAREJO            10.445.586       18            10.265.195       20
                2                2 HIGIENE PESSOAL E BELEZA              6.041.854       10              5.342.622       10
                3                3 SERVICOS AO CONSUMIDOR              5.035.334         8              4.625.037         9
                5                4 MERCADO FINANCEIRO E SEGUROS              4.472.617         7              3.271.367         6
                4                5 VEICULOS PECAS E ACESSORIOS              4.121.936         7              4.147.019         8
                9                6 SERVICOS PUBLICOS E SOCIAIS              3.771.605         6              2.616.856         5
                8                7 BEBIDAS              3.488.264         6              2.723.911         5
                6                8 CULTURA LAZER ESPORTE TURISMO              3.464.629         6              3.111.550         6
                7                9 SERVICOS DE TELECOMUNICACAO              3.289.359         6              2.805.711         5
              10              10 ALIMENTACAO              3.165.119         5              2.037.719         4
              12              11 FARMACEUTICA              2.763.426         5              1.812.776         3
              11              12 MIDIA              2.213.028         4              1.851.528         4
              13              13 MERCADO IMOBILIARIO              1.805.623         3              1.810.867         3
              14              14 HIGIENE DOMESTICA              1.192.200         2              1.207.436         2
              15              15 PETROLEIRO E COMBUSTIVEIS              1.095.229         2                 828.109         2
              16              16 VESTUARIO E TEXTIL                 667.500         1                 680.895         1
              17              17 INFORMATICA                 371.364         1                 661.266         1
              18              18 ELETRO ELETRONICOS                 369.755         1                 539.392         1
              19              19 MULTI SETORIAL                 326.390         1                 309.905         1
              20              20 CONSTRUCAO E ACABAMENTO                 286.790         0                 304.336         1
              25              21 BENS E SERVICOS INDUSTRIAIS                 283.351         0                   99.584         0
              22              22 BRINQUEDOS E ACESSORIOS                 241.884         0                 207.561         0
              21              23 PRODUTOS USO PESSOAL                 237.670         0                 279.388         1
              24              24 SORTEIOS LOTERIAS E CASAS JOGO                 189.824         0                 158.281         0
              23              25 CASA E DECORACAO                 142.497         0                 182.624         0
              26              26 AGROPECUARIA                 129.218         0                   94.243         0
              27              27 ESCRITORIO E PAPELARIA                   52.612         0                   58.669         0
              28              28 TABACOS                         401         0                     5.551         0
Bases utilizadas para os rankings: 2014 – (ME1406TOTAL): 41 Mercados – 9 Meios + Merchandising

Praças

São Paulo segue como líder entre os mercados monitorados com um crescimento de 11% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Destaque para Manaus, que cresceu 31% no período, e para Salvador e Recife, com 27% e 21%, respectivamente. Florianópolis, com 28% de incremento ante o período anterior, Campinas com 23% e o interior de São Paulo com 27%, também se destacaram no ranking.

Praça Jan a Jun/2014 Jan a Jun/2013  
R$ (000) % R$ (000) %
TOTAL 59.665.064 100 52.039.397 100  
SAO PAULO 15.105.205        25 13.558.798   26
NACIONAL# 13.679.596        23 12.745.423   24
RIO DE JANEIRO 6.113.780        10 5.420.538   10
OUTRAS PRAÇAS 3.888.063          7 3.344.505     6
INTERIOR – SP 3.629.721          6 2.856.832     5
BELO HORIZONTE 2.558.504          4 2.057.464     4
PORTO ALEGRE 2.151.770          4 1.754.089     3
CURITIBA 1.626.290          3 1.366.537     3
SALVADOR 1.577.170          3 1.246.593     2
RECIFE 1.384.734          2 1.141.914     2
CAMPINAS 1.332.870          2 1.079.592     2
BRASILIA 1.304.009          2 1.055.129     2
FORTALEZA 1.302.003          2 1.095.594     2
FLORIANOPOLIS 1.046.061          2 819.098     2
BELEM 860.261          1 789.190     2
GOIANIA 801.568          1 656.746     1
VITORIA 750.112          1 627.686     1
MANAUS 553.348          1 423.669     1

Agências

No ranking das agências, a YR manteve a primeira posição em relação a 2013, movimentando R$ 3,97 bilhões em investimentos publicitários no primeiro semestre. Em seguida, aparece a Ogilvy & Mather Brasil, com R$ 2,11 bilhões, e a Borghi Lowe, com investimentos da ordem de R$ 1,9 bilhão. Em quarto lugar está a WMcCann, com R$ 1,9 bilhão, que estava na quinta posição no estudo anterior.

 

Posição 2014 Agência  Investimento 2014
1 Y R 3.972.551
2 OGILVY E MATHER BRASIL         2.119.866
3 BORGHI LOWE         1.907.052
4 WMCCANN         1.904.503
5 ALMAP BBDO         1.651.789
6 AFRICA         1.518.675
7 NBS         1.433.869
8 JWT         1.430.974
9 HAVAS WORLDWIDE         1.375.287
10 LEO BURNETT TAILOR MADE         1.224.893
11 PUBLICIS PBC COMUNICACAO         1.223.758
12 DM9DDB         1.192.554
13 F NAZCA S E S             991.812
14 ARTPLAN             954.488
15 FCB BRASIL             867.391
16 MY PROPAGANDA             759.086
17 DPZ             746.189
18 LODUCCA             732.145
19 LEW LARA TBWA             723.339
20 TALENT             645.835
21 NEOGAMA             639.184
22 Z MAIS             607.471
23 NOVA SB             562.700
24 PROPEG             561.583
25 TATERKA             477.747
26 HEADS PROPAGANDA             472.700
27 AGENCIA WE             467.042
28 MASTER ROMA WAITEMAN             460.517
29 ESCALA COMUNICACAO             382.665
30 MULTI SOLUTION             356.804
31 FISCHER             337.374
32 GREY             315.460
33 GIACOMETTI PROPAGANDA             305.942
34 WIEDEN KENNEDY             294.621
35 REF COMUNICACAO             245.308
36 AGENCIA FBIZ             242.422
37 FULLPACK COMUNICACAO             235.292
38 E MIDIA PROPAGANDA E MARKETING             234.754
39 AGNELO PACHECO COMUNICACAO             234.326
40 DENTSU             231.080
41 AGENCIACLICK             226.779
42 PRO BRASIL             221.637
43 WUNDERMAN             220.009
44 LONGPLAY COMUNICACAO 360             212.468
45 LOV             199.566
46 MOMA PROPAGANDA             171.112
47 SINERGIA PUBLICIDADE             163.563
48 EUGENIO PUBLICIDADE             154.645
49 PANDORA PUBLICIDADE             148.196
50 AGE             145.952

Atenção: Os valores que seguem reportam o investimento publicitário dos anunciantes atendidos pelas respectivas agências. Os valores não representam a receita.

Banco utilizado: (ME1406TOTAL) 41 Mercados – 9 Meios + Merchandising – Junho/14

Obs1.:Critério de operações de fusões: Durante os 6 primeiros meses após a fusão, a verba  das agências envolvidas não sofrerá alteração. Passado esse período os valores serão reclassificados com histórico de data da fusão.

Critério de separação de agências: As agências envolvidas  seguem com seus valores históricos inalterados, ou seja, os valores do período anterior a esse separação não serão atribuídos às novas agências provenientes da reestruturação. Caso uma ou mais agências sigam com a carteira de clientes total ou parcial,  esse investimento será refletido respeitando esse histórico.

Obs2: O ranking contêm os investimentos de Agência Conta Dividida, pois,  existem as exceções abaixo que são classificadas como conta dividida:

  • mesmo filme, no mesmo período, dividido por diferentes agências;
  • meio outdoor que não é classificado por campanha.

O IBOPE Monitor tem por critério, valorar todo e qualquer espaço ocupado, seja ele gratuito ou não e para todas as inserções são utilizadas tabelas de preços, não se aplicando descontos ou qualquer negociação.

Essa pesquisa do IBOPE Media também está disponível em formato de infográfico. Clique aqui para acessar as informações.

Sobre a pesquisa

Cobertura: TV aberta: 41 mercados.  TV Assinatura: 44 canais. Rádio: 10 mercados e 83 emissoras. Revista: 250 títulos/mês nacionais, regionais e especiais.  Jornal: 26 mercados e 70 títulos . Outdoor: 30 mercados. Cinema: 11 mercados e 564 salas. Internet: 6 portais. Mobiliário Urbano: 8 mercados. Merchandising: 5 redes (nacional).