Ranking de Agências – Janeiro a Dezembro 2016

Atenção: Os valores que seguem reportam o investimento publicitário dos anunciantes atendidos pelas respectivas agências. Os valores não representam a receita.

Posição AGÊNCIAS R$ (000)
2016 Jan a Dez/2016
1 Y R 5.991.697
2 WMCCANN 3.704.401
3 ALMAP BBDO 3.693.633
4 OGILVY E MATHER BRASIL 3.441.134
5 PUBLICIS PBC COMUNICACAO 3.206.446
6 AFRICA 3.054.104
7 LEO BURNETT TAILOR MADE 2.866.588
8 HAVAS WORLDWIDE 2.736.473
9 TALENT MARCEL 2.681.605
10 MY PROPAGANDA 2.285.209
11 LEW LARA TBWA 2.263.410
12 JWT 2.202.667
13 DPZ E T 1.935.001
14 PROPEG 1.881.571
15 MULLEN LOWE BRASIL 1.861.214
16 FCB BRASIL 1.806.773
17 ESCALA COMUNICACAO 1.805.609
18 F NAZCA S E S 1.719.878
19 LDC 1.700.073
20 NBS 1.672.704
21 PANDORA PUBLICIDADE 1.533.181
22 ARTPLAN 1.487.918
23 Z MAIS 1.459.454
24 DM9DDB 1.236.521
25 AGENCIA WE 1.207.044
26 MULTI SOLUTION 1.202.031
27 RINO COM 1.191.008
28 GREY 1.092.628
29 HEADS PROPAGANDA 1.088.511
30 E MIDIA PROPAGANDA E MARKETING 1.038.072
31 FULLPACK COMUNICACAO 970.988
32 NEOGAMA 933.189
33 WIEDEN KENNEDY 784.884
34 FISCHER 707.654
35 NOVA SB 643.101
36 REF MAIS T 626.498
37 MASTER PUBLICIDADE 622.338
38 SINERGIA PUBLICIDADE 597.326
39 MOMA PROPAGANDA 596.683
40 3A WORLDWIDE SOUTH AMERICA 484.624
41 DAVID BRASIL 473.542
42 OMZ IDEIAS EM COMUNICACAO 437.028
43 SANTA CLARA 431.521
44 PANDA AGENCIA 426.689
45 DENTSU 418.028
46 I BRASIL COMUNICACAO 288.291
47 LINK PROPAGANDA E COMUNICACAO 277.917
48 GIACOMETTI PROPAGANDA 274.177
49 FSB 244.046
50 MCGARRYBOWEN 241.306

Fonte: Kantar IBOPE Media – Monitor Evolution – ME1612TOTALPTVSH – Período: de Jan/2016 até Dez/2016

* Investimento da Loducca e Pereira & O’Dell somado a LDC.
** RINO COM – Novo descritivo da agência Rino Publicidade
*** REF MAIS T – Novo descritivo da agência Ref Comunicação

O ranking contém os investimentos de Agência Conta Dividida. São classificadas como conta dividida:

• mesmo filme, no mesmo período, dividido por diferentes agências;
• meio outdoor que não é classificado por campanha.

Critério de operações de fusões: Durante os 6 primeiros meses após a fusão, a verba  das agências envolvidas não sofrerá alteração. Passado esse período, os valores serão reclassificados com histórico de data da fusão.

Critério de separação de agências: As agências envolvidas  seguem com seus valores históricos inalterados, ou seja, os valores do período anterior a esse separação não serão atribuídos às novas agências provenientes da reestruturação. Caso uma ou mais agências sigam com a carteira de clientes total ou parcial,  esse investimento será refletido respeitando esse histórico.

Compartilhar: Tweet about this on TwitterGoogle+Share on FacebookShare on LinkedIn