Notícias

#1 É preferível usar métodos híbridos de medição

Regras de ouro da medição de audiência

Há muitos anos, os dados de painel são a base dos serviços de medição de audiência. Eles oferecem cobertura universal e detalhes demográficos por meio de uma amostra representativa. Entretanto, eles são menos eficazes para a visualização na cauda longa.

Por outro lado, dados de censo de vídeo on-line e Return Path Data dos set top boxes (STBs), por exemplo, podem fornecer detalhes sobre plataformas e serviços específicos. Se dados de painel e dados de censo forem combinados, eles oferecem o melhor de dois mundos e ajudam a criar um método de medição híbrido.

Experiência em medição com painel e censo:

Em todo o planeta, a Kantar Media implementou mais de 100.000 PeopleMeters e, em 2005, foi a primeira empresa de pesquisa do mundo a medir a visualização por meio de Return Path Data (RPD).

Integração de dados premiada:

A equipe de cientistas de medição de dados da Kantar Media utiliza os recursos das avançadas técnicas de integração de dados para combinar dados de painel e de censo –  Atria Symphony.

Em 2016, a empresa começou a fornecer dados diariamente à Stichting KijkOnderzoek (SKO) – órgão que representa o setor de televisão na Holanda – o primeiro serviço de uso de TV e vídeo do mundo a adotar um método híbrido.

Em abril, a SKO e a Kantar Media foram reconhecidas pela liderança neste segmento no i-com Data Creativity Awards. O modelo de integração total de vídeo (Total Video Integration) criado pelos cientistas de medição de dados da empresa para a SKO utiliza um método híbrido, que permite ao cliente divulgar índices expandidos de TV detalhados, todos os dias.

“A experiência da Kantar Media com métodos de medição híbridos nos permitiu criar, desenvolver e implementar um modelo de integração de dados avançado, que atende às necessidades dos nossos membros”.
Bas De Vos, SKO