Artigos & Papers

Todo dia é dia da TV

Por Adriana Favaro, Diretora Comercial de Veículos da Kantar IBOPE Media

Você sabia que 97% das pessoas nas 15 principais regiões metropolitanas brasileiras possuem TV em casa? Isso é o que mostra o Target Group Index, estudo da Kantar Ibope Media que acompanha os hábitos e comportamentos dos consumidores. E como a TV se mantém tão relevante? Ela se reinventa! Em 2001, era possível estudar o meio TV com base em 14 gêneros e hoje já são 32 – mais que o dobro!

A TV se diversificou para atender audiências mais segmentadas, sem perder sua robustez e poderoso alcance: existem programas de todos os tipos e para todos os públicos. A qualquer momento!

Os dados do Kantar Social TV Ratings, de tudo o que se fala sobre TV (incluindo VOD) nas redes sociais, 92,5% é sobre TV Aberta ou PayTV, com destaque para a programação ao vivo e reality shows. Afinal, se há tanto conteúdo disponível, porque não comentar sobre ele? Mais do que assistir, o público quer viver a experiência: torcer, comentar, discutir e, quem sabe, até mudar os rumos dos programas. Este engajamento é proporcionado pela TV.

Além de disponibilizar mais conteúdos, novos formatos para a mídia televisiva foram incorporados, muito por conta da tecnologia, da internet e do mundo em multitelas e multiplataformas. A ‘invasão’ da TV no formato streaming/vídeo on demand (VOD) é uma tendência e ganha mais espaço, tanto entre os consumidores quanto na indústria. Até grandes players de tecnologia e entretenimento, como Apple e Amazon, têm investido em conteúdos televisivos. Outro exemplo que representa a força do conteúdo em vídeo e a importância do meio para o mercado é o sucesso pelo qual a Disney+ foi recebida pelo público nos Estados Unidos: lançado em 12 de novembro deste ano, o serviço de streaming atingiu a marca de 10 milhões de assinantes já na data da sua estreia.

A TV vem buscando cada vez mais experiências significativas com sua audiência, e o limite entre ficção e vida real se misturam: além dos produtores de conteúdo, outros players da indústria tem apostado em alimentar conversas do público em relação à TV. O telespectador, cada vez mais conectado, colabora para que marcas anunciantes optem por realizar ações de branded content que conversam com outras plataformas e meios. A interatividade entre o telespectador e os meios permite uma maior abrangência das marcas e uma exposição qualificada e assertiva.

Como se vê, as possibilidades são infinitas quando falamos de TV. Novidades sempre estão por vir nesse meio que nunca para de se se reinventar. Seja para divertir, entreter, aprender, a TV nos emociona há anos e continua a fazer parte das nossas vidas. E aí, o que vai assistir hoje?