Artigos & Papers

Transformações na TV social

Estudo analisou 8.530 exibições de 212 programas de TV Aberta, que geraram 17,5 milhões de tweets, de maio a setembro de 2016

O universo Social TV está em constante transformação. Por ser um fenômeno relativamente novo, sempre existe a oportunidade de se encontrar novas constatações que contribuem para um melhor entendimento desse ecossistema e sua relação com a mídia. O mais recente estudo da Kantar IBOPE Media, considerando o período de 1º de maio a 30 de setembro de 2016, trouxe novas revelações sobre os hábitos e preferências de quem fala sobre TV no Twitter, bem como o seu relacionamento com as marcas.

Considerando todas as mensagens relacionadas aos programas televisivos das principais emissoras nacionais de TV aberta no período, cerca de 2/3 ocorreram durante a exibição de cada programa, o que representou 17,5 milhões de tweets. Isso demonstra como grande parte do envolvimento daqueles que tuitam sobre TV está, de fato, relacionado ao hábito da simultaneidade do consumo do meio com a utilização de redes sociais para fazer comentários. Vale mencionar que não foram consideradas transmissões esportivas ou eventos dos Jogos Olímpicos ou Paralímpicos.

Uma das constatações iniciais do Estudo foi que a grande maioria das conversas ocorreu durante o período noturno: 3/4 dos tweets foram relacionados aos programas que se iniciaram na faixa das 18h às 24h. Aos fins de semana, esse índice diminui para 45% e o período vespertino passou a concentrar mais movimentação, com 51%. Já os dias úteis concentraram 72% das menções, sendo que 83% delas aconteceram à noite.

Outro fato apurado foi que, entre os gêneros, Reality Show apresentou o maior número de tweets e autores. Entretanto, os gêneros cujas exibições concentraram mais tweets por autor foram: Novela e Premiação. Dessa forma, ainda que haja mais pessoas comentando sobre Reality Shows, quem comenta sobre novelas e premiações podem ser mais aficionados. Essa troca de posições também acontece quando se considera o índice de impressões por tweets. Neste caso, gêneros com menor expressão nos números gerais, como Saúde, Educativo e Feminino, se destacam por trazerem convidados e influenciadores cujos tweets têm maior poder de influência, já que são muito visualizados.

Posição
(Top 5)
Tweets Tweets por autor Impressões por tweets
1 REALITY SHOW NOVELA SAÚDE
2 AUDITÓRIO PREMIAÇÃO EDUCATIVO
3 NOVELA REALITY SHOW FEMININO
4 SÉRIE AUDITÓRIO RURAL
5 HUMORÍSTICO GAME SHOW PREMIAÇÃO

Fonte: Kantar Twitter TV Ratings | 01/05/2016 – 30/09/2016 | Broadcasts | 5 principais emissoras nacionais de TV aberta

Além destas variáveis, os índices qualitativos como o sentimento contido nas mensagens também contribuem para a compreensão do ambiente social. Nesse quesito, o gênero que se destacou foi Desenho Adulto, com média de 44% de sentimento positivo entre as suas exibições, a maior entre os gêneros. Já os programas políticos apresentaram a média mais alta de sentimento negativo entre as exibições, com 21%, como indicam os dados abaixo.

Gênero Tweets Share de Tweets (%) Sentimento Positivo (%) Sentimento Neutro (%) Sentimento Negativo (%)
Total Geral 17.478.503 100 28 66 6
REALITY SHOW 6.339.746 36 35 60 5
AUDITÓRIO 3.682.302 21 37 58 5
NOVELA 3.131.643 18 26 65 9
SÉRIE 1.385.897 8 31 64 5
HUMORÍSTICO 632.142 4 28 67 5
POLÍTICO 547.400 3 15 64 21
SHOW 444.338 3 30 62 8
FILME 325.502 2 41 54 5
ENTREVISTA 281.914 2 35 60 5
JORNALISMO 255.198 1 20 74 6
FEMININO 156.351 1 24 70 6
REPORTAGEM 119.918 1 25 69 6
ESPORTE 105.072 1 27 69 5
PREMIAÇÃO 27.811 0 34 61 4
INFANTIL 17.127 0 40 56 4
GAME SHOW 13.284 0 36 59 5
SAÚDE 5.616 0 18 76 6
RURAL 5.259 0 29 67 4
DESENHO ADULTO 1.133 0 44 53 2
EDUCATIVO 764 0 37 60 3
SORTEIO 51 0 4 96 0
MINISSÉRIE 25 0 8 86 6
TURISMO 10 0 30 70 0

Fonte: Kantar Twitter TV Ratings | 01/05/2016 – 30/09/2016 | Broadcasts | 5 principais emissoras nacionais de TV aberta

Também vale ressaltar que uma das características dessa gigante sala de TV que agrega pessoas de todo o Brasil é que cada exibição de cada programa tem suas peculiaridades, que podem estimular a atividade dos telespectadores no Twitter, tanto para o lado positivo como para o negativo. Na transmissão que gerou mais tweets, o sentimento positivo foi abaixo da média, com 21%, mas as principais emoções identificadas foram mistas entre admiração e crítica. A segunda com mais menções também provocou admiração, mas junto a risos e alegria. Ambas obtiveram os melhores resultados em volume, mas cada uma despertou diferentes emoções em seus telespectadores.

Como é sabido, esse envolvimento despertado pelo conteúdo televisivo não se restringe aos programas, as propagandas também engajam os consumidores para que comentem nas redes. Para entender esse relacionamento, é possível verificar quais autores tuitam sobre os programas de televisão e também tuitam sobre marcas. Entre as 200 principais marcas em compra de publicidade, o setor de Bebidas foi o que concentrou mais autores que comentaram sobre estas marcas, além das emissoras consideradas no Estudo, no período de 2 de setembro a 2 de outubro.

No ranking de inserções, o setor de bebidas ficou em quinto lugar no mesmo período, atrás de Comércio e Varejo, Mercado Financeiro e Seguros, Farmacêutica e Higiene Pessoal e Beleza, de acordo com o gráfico abaixo. Essa mudança de posição pode ser mais um indicativo da relevância do conteúdo e pode contribuir com as marcas no objetivo de criar um relacionamento com seus consumidores.

Fonte: VideoTrack | Brasil Nacional de Spots 15 Mercados | 5 principais emissoras nacionais de TV aberta | 02/09/2016 – 02/10/2016 | 200 principais marcas em investimento publicitário

Kantar Twitter TV Ratings | 02/09/2016 – 02/10/2016 | Brand Affinity | 5 principais emissoras nacionais de TV aberta | 200 principais marcas em investimento publicitário

Todas essas constatações auxiliam na compreensão dos hábitos desses telespectadores e de como o Social TV pode contribuir no planejamento de mídia, ao revelar em quais dias e em quais horários os telespectadores estão mais propensos a comentar sobre os programas, quais são os gêneros que mais engajam – e se de forma positiva ou negativa. Com esse entendimento, as marcas também podem se beneficiar, pois entenderão sobre quais programas as pessoas que falam delas também costumam tuitar, dessa forma suas ações podem ter melhores resultados.

 

 

Imagem: ThomasDeco / Shutterstock.com